“O lado feio do amor” – Resenha

“A diferença entre o lado bonito e o lado feio do amor é que o bonito é bem mais leve. A pessoa se sente como se estivesse flutuando. Ele ergue a pessoa. Carrega-a consigo. As partes bonitas do amor fazem você ficar acima do resto do mundo. Elas deixam a pessoa muito acima das coisas ruins, e a fazem olhar para todo o resto lá embaixo e pensar: Caramba. Que bom que estou aqui em cima.”

“O lado feio do amor” é da autora best-seller Colleen Hoover e foi publicado pela Galera Record no Brasil. Avaliei com 5/5 estrelas no Skoob e favoritei.


ugly love

Tate é uma estudante de enfermagem que está se mudando para casa de seu irmão Corbin. Logo que Tate chega no apartamento, sozinha à primeira vez, se depara com o melhor amigo de seu irmão bêbado implorando para entrar. Mas, as primeiras impressões frequentemente nos iludem.

Miles é na verdade um rapaz centrado, sério e fechado, tem 23 anos e, assim como todo homem da vida de Tate, é piloto. Miles tem um passado que o tornou essa pessoa obstruída, e temos a oportunidade de ir conhecendo-o aos poucos durante a leitura, em capítulos alternados que se passam seis anos antes do jovem conhecer Tate.

A atração entre os dois é praticamente instantânea, no entanto, quando começam a se envolver, Miles cria duas regras para preservar um relacionamento completamente sem compromisso: não ser questionado sobre seu passado e nunca esperar dele um futuro. Assim que as regras são determinadas, Tate sabe que vai fracassar. Afinal, enquanto Miles é sólido, Tate é líquido e apenas isso.

Felizmente, há capítulos alternados onde vamos, aos poucos, entendendo as circunstâncias que levaram o coração de Miles Archer a se tornar tão recolhido. No desbravamento por esse segredo, uma surpresa: uma trama emocionante e de apertar o coração. A história de Miles é surpreendente e Tate mal sabe os caminhos que precisará percorrer e persistir para quebrar suas muralhas e derreter suas geleiras.

É nesse ritmo que Colleen Hoover trabalha para mostrar os dois lados do amor. Por vezes poética, mas não menos cômica, a autora abre discussão sobre a parte feia, árdua e penosa que existe em toda e qualquer relação de amor. Mas há também o lado que, ocasionalmente, resiste a esses eventos. O lado belo que nos faz olhar para todo o resto lá embaixo e pensar: Caramba. Que bom que estou aqui em cima.


A notícia boa é que o livro está em processo de adaptação para os cinemas, e de acordo com o teaser já lançado está previsto para o próximo ano.

É fã da Colleen Hoover ou ficou com vontade de ler? Conta para mim nos comentários! ❤

Anúncios

3 comentários sobre ““O lado feio do amor” – Resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s