“P.s.: ainda amo você” – Resenha

Essa resenha pode conter spoilers para quem ainda não leu “Para todos os garotos que já amei”.

“NOVO CONTRATO DE LARA JEAN E PETER

• PETER NÃO VAI SE ATRASAR MAIS DO QUE CINCO MINUTOS.

• LARA JEAN NÃO VAI OBRIGAR PETER A FAZER QUALQUER TIPO DE ARTESANATO.

• PETER NÃO PRECISA LIGAR PARA LARA JEAN TODAS AS NOITES ANTES DE IR DORMIR, MAS PODE LIGAR SE TIVER VONTADE.

• LARA JEAN SÓ VAI A FESTAS SE TIVER VONTADE.

• PETER VAI DAR CARONA PARA LARA JEAN SEMPRE QUE ELA QUISER.

• LARA JEAN E PETER VÃO SEMPRE CONTAR A VERDADE UM PARA O OUTRO.

Só tem uma coisa, uma coisa importante da qual quero ter certeza.

— Peter.

— Que foi?

— Não quero que a gente parta o coração um do outro.

Peter ri e acaricia minha bochecha.

— Você está planejando partir meu coração, Covey?”

IMG_4015.JPG

“P.s.: Ainda amo você” é a aguardada sequência do best-seller “Para todos os garotos que já amei” — publicação ed. Intrínseca — e trouxe o desfecho dessa duologia que tomou meu coração.

O romance, mais uma vez, traz à tona a problemática da adolescência. O mais legal é que Jenny Han mostra como, apesar de simples, ela é séria. É como se um adulto conversasse com uma criança de igual para igual. Ela não faz esses dramas parecerem menores ou desimportantes. Ela os trata com divertimento, mas com delicadeza.

Na sequência podemos notar o amadurecimento da personagem principal, bem como de Kitty, sua irmã mais nova, e a forma como elas encaram o novo rumo que esse volume tomou. Além, é claro, do relacionamento delas como irmãs e em família, magnificamente bem construído pela autora.

Amo. Ele disse ‘amo’. Fico tonta. Sou uma garota amada por um garoto, e não só pelas irmãs, pelo pai e pelo cachorro. Um garoto com sobrancelhas lindas e cheio de truques.”

A Lara Jean é a mais romântica das irmãs Song. Por isso ela escreveu cartas, em primeiro lugar, por isso ela se dedica a fazer cartões nos dias de São Valentim, e sobremesas cheias de enfeites. As cenas que a autora constrói para enfatizar esse traço são as melhores. Os acontecimentos mais simples tecem a história do jeito mais encantador que já li nos livros YA. E para provar que é uma boa nerd, até referências da cultura pop a autora usa.

“Na sexta, levo os biscoitos de limão e escrevo o número da camisa dele na bochecha, o que deixa Peter feliz da vida. Ele me abraça e me joga no ar, com um sorriso enorme no rosto. Fico me sentindo culpada por não ter feito isso antes, porque foi preciso um esforço mínimo da minha parte para fazê-lo feliz. Percebo agora que são as pequenas coisas, os pequenos esforços, que mantêm um relacionamento.”

Qualquer um que já foi ou é adolescente vai se identificar em algum momento da trama e vai terminar a história abraçando o livro e querendo mais. Doce como o doce mais doce das sobremesas da Lara Jean.

“Então, pego a mão dele e a coloco no meu peito, sobre o coração.

— Você tem que cuidar bem dele, porque é seu.”

“November 9” – Resenha

Às vezes, sinto que se todos os romances do mundo fossem escritos pela Colleen Hoover eu leria um livro por dia. O da vez é “November 9”, publicado em novembro do ano passado pela editora Atria Books e, segundo a Galera Record, tem previsão de lançamento no Brasil para 2017 (eba!).

5/5 🌟  no Skoob


foto

“If she’s not careful, I might just fall in love with her. Tonight”.

Fallon O’Neil é filha de Donovan O’Neil, um famoso ator que interpretou o personagem Max Epcott. Fallon tinha seguido os passos de seu pai e sua carreira, aos 16 anos, já era um sucesso. Até o dia em que se acidentou em um incêndio. Em um 9 de novembro, a jovem, que estava apenas começando sua carreira, viu as perspectivas de seus sonhos mudarem de rumo quando teve 30% do seu corpo queimado.

No aniversário de dois anos do acidente, Fallon sai para almoçar com Donovan. É aí que Benton James Kessler surge para salvá-la dos conselhos pessimistas de seu pai. Ele é o primeiro cara que flerta com ela desde o acidente e, quando senta na mesa, se apresenta como namorado de Fallon, e ela, que não tinha nada a perder, entra no jogo.

Insta-love: a identificação entre os dois é instantânea. Uma linda e comum história de amor poderia começar aí, não fosse pelo fato de que Fallon está se mudando de Los Angeles para Nova York na manhã seguinte. Como eles não tem nenhuma intenção e, tão menos, coragem de perder a forte ligação que construíram em um dia, combinam de se encontrar nos próximos cinco anos no mesmo lugar, dia e horário.

“You can’t leave yet. I’m not finished falling in love with you”.

Assim é todo 9 de novembro. Com 365 borboletas no estômago dos dois jovens. Eles se encontram depois de todo um ano, e quantas coisas podem ter mudado? Ou mesmo será que eles vão se lembrar do encontro marcado com tanta antecedência?

Também sabemos que Ben, quem ajudou Fallon a valorizar suas cicatrizes e aumentar seu auto-estima, guarda algum segredo, devido algumas atitudes suspeitas nos capítulos narrados no seu POV. Entretanto, o rumo que a história toma é de cair o queixo.

Adorei como a autora criou uma metalinguagem ao colocar Ben como escritor e usar suas falas para expressar as dificuldades, rituais e pensamentos de um autor. O legal é que o seu livro é basicamente o livro de Ben, acrescentado da voz de Fallon.

Totalmente surpreendente e ainda mais emocionante, o romance é mais um na minha lista de favoritos. Colleen Hoover got the hang of it! Romântico, dramático e cômico, numa medida que só a autora faz como ninguém.

Natal – 6 on 6

Oi, pessoal. Tudo bem? Espero que vocês estejam tendo um feliz Natal junto aos seus entes mais amados.

Este mês eu e as blogueiras desse projeto — Psicose literária – Um amor de livroNa estrada da fantasia – No mundo dos livros – Na sua estante — combinamos de adiar a postagem do projeto para hoje, o dia do Natal.

Não existia um tema mais propício para o mês de dezembro, né? Então aqui vão os seis cliques que fiz para o 6 on 6 em homenagem a esse feriado tão especial.

A minha irmã gosta de chamá-lo de Olaf de livros, mas ele também é conhecido como BookSnowman, não é fofo?

edit

“De nada adianta o Cristo nascer mil vezes em Belém se ele não nasce no coração do homem também.” (Aun Weor)
Esse livro é do C. S. Lewis que, nas suas 300 páginas, narra de forma simples e descomplicada todo o cristianismo, da maneira que ele deve ser.

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Aproveitando para mostrar minha leitura atual, ” O presente do meu grande amor”, uma organização da Stephanie Perkins, é uma compilação de 12 histórias de Natal, escritas por 12 diferentes autores. Como já é de conhecimento público, tudo que é feito pela Perkins é uma leitura leve e agradável e já posso adiantar que estou amando. A autora, inclusive, está organizando mais um antologia, “Summer Days & Summer Nights” que deve sair no inverno — já que o verão nos Estados Unidos é o equivalente ao inverno no Brasil.

Processed with VSCOcam with hb2 preset

O que pode ser mais fofo do que esse cartão de Natal de Harry Potter que encontrei na internet? *Leia cantando no ritmo de Jingle Bells.

Processed with VSCOcam with hb1 preset

“Ligações” da Rainbow Rowell, que inclusive já resenhei aqui, é uma ótima leitura de Natal. Fiz essa leitura no decorrer desse ano e ela entrou na minha lista de favoritos.

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Se você é como eu, e gosta de ler livros temáticos de acordo com os feriados, vai amar esse leitura. “Deixe a neve cair” narra três romances que, no final, se cruzam da melhor maneira possível. Esse é outro livro que favoritei. Já deu pra perceber o quanto eu amo esse feriado?

Processed with VSCOcam with hb1 preset

Espero que se divirtam com as fotos e recomendações. Desejo um Natal super especial para vocês e suas famílias. Para mais fotos, não deixem de conferir o blog das blogueiras que participam do projeto, cujos links estão disponíveis no início do post.

O 6 on 6 continua em janeiro!

Projeto 6 on 6 – Lar doce lar

No mês de agosto reservamos um tema especial para o Projeto 6 on 6: “Lar doce lar”. Vou explicar: através das fotos, encontramos uma oportunidade dos nossos leitores nos conhecerem melhor. Como sempre desenvolvemos o projeto de forma subjetiva, pensei em capturar a minha relação com o mundo literário. Portanto, reuni aqui seis fotos que mostram toda a influência que a literatura tem no meu lar. Confiram:

  1. O Pequeno Príncipe não é apenas um clássico, é o clássico da minha vida. Tenho três lindas edições do livro, e sonho – quem sabe – com uma coleção reunindo a obra traduzida em todas as muitas línguas em que já foi publicada. No meu quarto dá para encontrar muitas dessas merchandisings com temática do livro.

2) Por falar em merchandising, a série “Harry Potter” foi tão épica na minha formação como leitora que possuo todo um catálogo de produtos temáticos da série. Capturei alguns deles na imagem. 🙂

3) Essa é provavelmente a minha prateleira preferida da estante. Nela organizo sempre as mais coloridas das edições young adults, e está sempre sofrendo constantes alterações. Alguém mais tem essa mania de mudar os livros de lugar?

4) Este é o meu segundo lar. É a minha Universidade e, infelizmente, preciso passar um bom tempo, durante o ano, longe do lugar que eu mais amo chamar de casa. Porém, é um lugar lindo e ótimo para leitura! Impossível não se apaixonar por essa UFRRJ!

5) Nem poltrona, nem escrivaninha. Na hora de escrever posts e se entregar para as páginas, nada como a nossa própria cama!

6) Por fim, outro vício. “Sherlock Homes” é um desses personagens que têm grande influência na vida de qualquer amante da literatura britânica. Foi nele, é claro, que pensei o tempo todo enquanto “destruía” o meu diário. O caderninho foi confeccionado por mim, e para quem não conseguir decifrar, nele está escrito: “To a great mind, nothing is little” – “Para uma mente ampla, nada é pequeno”.

São apenas seis fotos, mas vocês também podem conferir o das outras blogueiras que estão participando comigo do 6 on 6. Todas falam sobre literatura e são super recomendadas por mim:

Psicose literária – Um amor de livroNa estrada da fantasia – No mundo dos livros – Na sua estante

No próximo dia 6 tem mais do projeto!

Casais literários {Junho} – Projeto 6 on 6

O mês de junho chegou com muitas novidades! Vim aqui compartilhar com vocês o Projeto 6 on 6 que o blog está participando a partir desse mês.

Para quem não conhece, o projeto consiste em um grupo de 6 blogueiras que todo dia 6, de cada mês, publicam 6 fotos de um determinado tema. Como junho é o mês dos namorados, eu e as meninas achamos que não havia tema melhor. Nossa intencão é transmitir, através das fotos, singelos detalhes que mostram nosso amor pela literatura e, também, pela fotografia.

Então, reuni aqui fotos dos meus romances e casais literários favoritos, e aproveito para recomendar cada um deles para vocês. 😉

Espero que gostem!

Meus romances preferidos dos últimos tempos

Meus romances preferidos dos últimos tempos


Hazel Grace e Augustus Waters

Hazel Grace e Augustus Waters são, definitivamente, um dos casais literários da minha vida ❤


Georgie e Neal são um casal que não desiste um do outro. Existe exemplo melhor?

Georgie e Neal. Dezenove anos de relacionamento. Nunca desistem um do outro. Existe exemplo melhor?


Anna Oliphant e Étienne St. Clair. O Casal que superou milhas...

Anna Oliphant e Étienne St. Clair. O Casal que superou milhas…


America Singer e Maxon Schreave roubaram meu coração desde o primeiro volume da série.

America Singer e Maxon Schreave roubaram meu coração desde o primeiro volume da série.


E para fechar com chave de ouro: Cath e Levi; o casal nerd mais gracinha de todos os tempos <3

E para fechar com chave de ouro: Cath e Levi; o casal nerd mais gracinha de todos os tempos ❤

Não deixe de comentar sua opinião sobre as fotos e de conferir o resultado das outros blogueiras que embarcaram comigo nessa:

Um amor de livroNa estrada da fantasia – Na sua estante – No mundo dos livros – Psicose literária

Beijos!